TV Anísio Teixeira realiza formação para a escola pública em parceria com a UFBA

Fotos: Rodrigo Maciel/ TV AT
Com o objetivo de ampliar o conhecimento de professores e estudantes da rede estadual de ensino na prática audiovisual, a TV Anísio Teixeira realizou entre os dias 10 à 14 de junho de 2013, a primeira etapa da Formação para a produção de vídeos educacionais, no Instituto Anísio Teixeira - IAT.

Destinado a professores dos Núcleos de Tecnologia Educacional, o curso teve início com uma videoconferência para todo o estado, e será desenvolvido durante todo o ano letivo. Fez parte do primeiro módulo presencial do treinamento, técnicas de roteiro, fotografia, direção e edição de vídeos direcionados para a escola pública.

Para o Coordenador da TV Anísio Teixeira – TV AT, Antônio Couto Filho, a proposta de formar professores do NTE, nesse primeiro momento, surgiu a partir da necessidade e da urgência de democratizar o curso para toda a rede estadual de ensino, simultaneamente. “A próxima etapa será acompanhar as produções realizadas nas escolas da capital e do interior e multiplicar esse conhecimento, para que estudantes e professores de todo o estado elevem o olhar e a técnica, ao ponto de podermos aproveitar os vídeos nos programas da TV Anísio Teixeira e contribuir com a apropriação do audiovisual na educação pública”, explica, Antônio Couto.

As oficinas são ministradas por educadores da TV Anísio Teixeira, em parceria com professores da Faculdade de Comunicação da UFBA, que foram contemplados em edital do Ministério da Educação - MEC, através da Pró-Reitoria de Extensão, e formaram uma equipe de monitores estudantes, que irão acompanhar as etapas presenciais posteriores, em campo.

“O curso trouxe para a gente novas possibilidades com os professores da rede estadual, para trabalhar com a produção nas escolas com audiovisual a partir dos recursos que estão disponíveis. Isso foi interessante, e eu acredito que vou voltar renovada para propor novas atividades, novas oficinas para os nossos professores da rede”, destaca a professora multiplicadora do NTE 13 da cidade de Itaberaba, Vânia Almeida.

Para o professor formador do NTE 9, da cidade de Teixeira de Freitas, Emanuel de Deus, esses cursos funcionam como um motivação a fazer novas descobertas,a buscar novas ideias e pesquisas para realizar um trabalho mais expressivo. “As minhas expectativas é das melhores no sentido da gente chegar à sala de aula, convidar professores e alunos, montar em forma de oficinas cursos que tenham resultados. Esse curso foi de suma importância para nós formadores para que possamos disseminar esse conhecimento em campo”, disse Emanuel.

2011 | Todos os direitos e conteúdos deste Portal são de uso compartilhado