Aprendizagem Criativa

Aprendizagem Criativa

 

 

 

As Residências de Aprendizagem Criativa são inspiradas nas residências artísticas - prática comum ao universo das artes, na qual o(a) artista passa um período imerso em determinado local, a fim de produzir obras em diálogo com outros artistas e/ou com a comunidade local. Adaptada para a educação, a prática valoriza as experiências já existentes, bem como o aprendizado entre pares, na medida em que a formação se dá na convivência dos professores com colegas que possuem mais experiência em Aprendizagem Criativa. 

Esta iniciativa filia-se à vertente teórica do Construcionismo, cujo autor/difusor mais reconhecido é Seymour Papert, e a seus desdobramentos em elaborações teóricas contemporâneas. Nesse sentido, dá destaque à autoria; à concretude do conhecimento e realização de atividades mão na massa ("aprender fazendo", ou melhor, "aprender criando"); à criação de narrativas ("micromundos") para contextualizar os momentos de aprendizagem; à espiral da Aprendizagem Criativa ("imaginar; criar; explorar; compartilhar; refletir; (re)imaginar") como trilha para a elaboração/apreensão do conhecimento e aos quatro Ps  ("Projetos; Pares; Paixão; Pensar brincando"), enquanto elementos estruturais das atividades pedagógicas.

Objetivos
  • Estimular o intercâmbio de experiências entre os educadores colegas de equipe, que podem ser de diferentes séries, unidades escolares e mesmo redes de ensino;
  • Promover experiências significativas de aprendizagem com especialistas em Aprendizagem Criativa de todo o país;
  • Disseminar a aprendizagem criativa como estratégia para tornar aulas e projetos escolares mais conectados com os estudantes, significativos, interdisciplinares e mão na massa;
  • Criar, na Bahia, uma rede com 60 a 120 educadores cujas práticas pedagógicas sejam identificadas com a aprendizagem criativa;
  • Fomentar a criação de 60 projetos em Aprendizagem Criativa, a serem desenvolvidos nas escolas públicas da Bahia, alcançando entre 2400 e 4800 estudantes;
  • Impulsionar a educação entre pares nas redes de ensino da Bahia.

 

Notícias Relacionadas